Escritores que você deveria cancelar (X): Jack London

[Ironic & Provocation Mode ON]

Caninos Brancos é um dos romances americanos mais famosos do século 19 e uma das melhores histórias já escritas. Mas lá há muito mais acontecendo do que uma simples história sobre um cão abrindo caminho no mundo. Pegue uma cópia de Caninos Brancos e vá para a parte onde nosso herói encontra pessoas brancas pela primeira vez, depois de viver com uma tribo de nativos americanos. “Em comparação com os índios que ele conheceu”, diz o livro, “eles eram para ele outra raça de deuses superiores.” O romance então continua dizendo que o mestre nativo americano de Caninos Brancos “era um deus-criança entre aqueles de pele branca”. Sim, parece que Caninos Brancos (White Fang) é um lobinho muito racista … Provavelmente porque London também era.

Se você acha que as coisas de “deuses superiores” são ruins, então dê uma olhada no ensaio de London chamado “O Sal da Terra” (The Salt of the Earth), que argumentava que os brancos são “uma raça de maestria e conquistas”. London também escreveu que o genocídio era apenas uma parte da seleção natural, algo que é perfeitamente aceitável quando “raças inferiores” encontram os anglo-saxões. London escreveu um conto chamado “The Unparalleled Invasion”. A história começa com os chineses dominando o mundo. E como a história termina? Com os EUA e a Europa atacando a China com armas biológicas, eliminando todos os chineses e reivindicando o país para os brancos em todos os lugares. OK.

Amor pelo WASP?

1 comment / Add your comment below

Deixe uma resposta